Dragão do Mar prorroga prazo para inscrições em programa Porto Dragão Sessions

0
186
Dragão do Mar, Fortaleza (CE) - Foto: Divulgação

Dragão do Mar prorroga prazo para inscrições em programa que selecionará 10 músicos e bandas autorais cearenses para produção de coletânea e gravação de clipes e faixas. O Programa segue recebendo propostas até (26) de janeiro

A fim de engrandecer e fomentar a cena musical cearense que vive um momento de efervescência, com artistas despontando e se destacando no cenário nacional, o Instituto Dragão do Mar (IDM) lançou, recentemente, o Porto Dragão Sessions, programa para seleção de dez artistas ou bandas que integrarão coletânea, além de terem seus trabalhos gravados em áudio e vídeo e difundidos em plataformas digitais. Em virtude do grande número de inscrições recebidas, o processo seletivo, que seria encerrado nesta sexta-feira (19), foi estendido até a sexta-feira seguinte, dia (26) de janeiro. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no endereço http://mapa.cultura.ce.gov.br/projeto/872/.

Com a prorrogação do prazo, foram alteradas as demais datas do calendário anteriormente divulgado. Agora, a seleção será realizada no dia (2) de fevereiro e o resultado será anunciado no dia (6) de fevereiro, no site do Dragão do Mar e do Porto Iracema das Artes.

Para Paulo Linhares, presidente do IDM, o projeto casa a expertise do Porto Iracema das Artes na formação e a experiência do Dragão do Mar na criação e difusão, uma iniciativa que vem somar esforços para potencializar ainda mais a circulação dos talentos cearenses e legitimar o Instituto como principal agência de desenvolvimento artístico do Estado.

Para realizar uma criteriosa seleção, o projeto contará com uma renomada comissão de curadores: Alexandre Matias (curador de música do Centro Cultural São Paulo e do Centro da Terra, do ciclo de debates Spotify Talks, colunista da revista Caros Amigos e produtor da festa Noites Trabalho Sujo); Pena Schimit (produtor musical, foi diretor de palco e diretor técnico do Free Jazz Festival e outros festivais nacionais e internacionais, foi executivo e diretor de gravadoras, como a Warner Music); Fabiana Batistela (diretora-geral da Semana Internacional de Música de São Paulo, diretora da Inker Agência Cultural, uma agência de comunicação e projetos focada em música e artes); Artur Fritzgibbon (diretor-geral na empresa ONErpm e ex-diretor executivo da Kuarup Discos); Daniel Ganja Man (produtor musical, engenheiro de áudio e músico, já atuou na produção, gravação, mixagem e direção musical de diversos discos e artistas como Criolo, Nação Zumbi, Otto e Planet Hemp); e Roberta Martinelli (formada em teatro, rádio e TV, apresentadora do programa Cultura Livre, na TV Cultura, e do Som a Pino, da Rádio Eldorado (FM 107,3 – SP), e colunista do Caderno 2, do jornal O Estado de S.Paulo).

O regulamento 

Nesta primeira edição do programa, serão selecionadas dez bandas profissionais e artistas – cearenses ou residentes no Estado. Para registrar, difundir e distribuir a produção musical cearense, o Porto Dragão Sessions vai produzir junto dos selecionados cinco conteúdos: uma coletânea da Nova Música Cearense, com 20 faixas, para difusão e distribuição em meio digital; um programa para veiculação numa emissora televisiva e canais na web; dois videoclipes ao vivo de cada banda/artista selecionado; duas faixas mixadas e masterizada, de cada banda/artista selecionado; e uma playlist com bandas/artistas selecionados para difusão em plataformas digitais.

Porto Dragão do Mar

O projeto Porto Dragão do Mar foi lançado em agosto de 2017 pelo Instituto Dragão do Mar, com o objetivo principal de fazer circular a vasta produção artística do Ceará, em diversas linguagens, dentro do próprio estado e também nacional e internacionalmente. “Esses processos já têm se concretizado com os shows de artistas fortalezenses em Sobral, no segundo semestre do ano passado; e agora com os de Sobral aqui, ao longo da programação das Férias no Dragão 2018. Também é resultado desse agenciamento promovido pelo Porto Dragão o show dos Selvagens à Procura de Lei, no Festival Se Rasgum, em Belém, em novembro; e da cantora Soledad, no Festival Coquetel Molotov, em Recife, em outubro”, enumera João Wilson Damasceno, diretor de Ação Cultural do IDM.

Segundo o presidente do Instituto Dragão do Mar, Paulo Linhares, o Porto Dragão do Mar tem o intuito de desenvolver as cadeias de setores criativos como a música, as artes visuais e o audiovisual. Num primeiro momento, as ações do projeto se concentram na música, por ser uma das cadeias criativas de maior impacto na economia do Ceará. É o braço Porto Dragão Música, cujo objetivo geral é estimular e incrementar a produção musical cearense e a economia que se organiza em torno desse campo artístico, através da indução de investimentos públicos e também da articulação de parcerias privadas.

Serviço:
Prorrogação das Inscrições para o Porto Dragão Sessions
Inscrições: http://mapa.cultura.ce.gov.br/projeto/872/

Regulamento: http://mapa.cultura.ce.gov.br/files/project/872/chamada_publica_para_o_programa_porto_dragao_sessions_aditivo_2.pdf

Período de inscrições: de 8 a 26 de janeiro de 2018
Divulgação do resultado: 06 de fevereiro de 2018
Todo o processo é gratuito

Assessoria