Diante de fraudes, Iata deve diminuir prazo de pagamentos

0
98
Imagem: Divulgação

Renato Machado

A Iata estuda diminuir prazos de pagamentos. Inadimplência e fraudes são os motivos pelos quais a associação quer baixar, já em 2018, as remessas para cinco dias. “Tudo para evitar que uma empresa devedora aqui saia emitindo acolá. E para que o dinheiro gire mais rapidamente”, explica o editor-chefe e CCO da PANROTAS, Artur Andrade.

Em seu mais recente post no blog Sem Reserva, o jornalista comenta as constantes ondas de fraudes e a ineficácia das proteções atualmente disponíveis. Confira o texto completo neste link.

Panrotas