A segunda edição do Dia da Música acontecerá no sábado, 18 de junho de 2016. O festival irá realizar shows de novos artistas em palcos de rua no Rio de Janeiro e em São Paulo e apoiar uma rede de espaços e grupos dedicados à promoção de música autoral em todo o Brasil.
Inspirado pela Fête de la Musique, que surgiu na França há mais de três décadas e está presente em mais de 700 cidades em todo o mundo, o Dia da Música estimula o circuito de música independente no Brasil.
Em João Pessoa, a Parahybólica Cultural foi a escolhida pelo projeto para sediar o palco oficial. Os shows acontecerão no Espacinho Parahybólica, ocupação cultural do sub-mezanino da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (em frente ao cine banguê). As bandas Pau de dar em Doido e Augustine Azul foram selecionadas para participar da edição, a partir da plataforma online oficial do Dia da Música, seguindo o regulamento do projeto. O evento acontece simultaneamente aos demais eventos do Dia da Música no Brasil e tem entrada franca.
PDD02Pau de Dar em Doido
 
Filhos da psicodelia nordestina de Lula Côrtes e Zé Ramalho e do grupo de estudos Jaguaribe Carne. Beberam no punk rock e na poesia de João Cabral de Melo Neto. Em Josué de Castro e Otacílio Batista. Tornaram sua música notória e necessária. A imprensa dizia: “Paraíba Sonora” e completava “a renovação da MPB vem do Nordeste (…) da sonoridade áspera e percussiva dos cantadores e repentistas” mistura caótica, explosiva, pancada mesmo. Apesar de não ter adjetivos para defini-los com precisão, eles vão muito além de serem apenas uma banda de rock com ritmos nordestinos. Sem exagero algum, essa turma redesenhou de forma intuitiva a maneira de tocar as cordas distorcidas e as batidas desses elementos.
Hoje, afirmada e pronta pro levante, depois de 13 anos silenciosa, a banda retorna intensa, com suas canções vigorosas e arrebatadoras. É o fim da trégua. “Quando começamos, no finalzinho de 1999, existiam muitas bandas na cidade e aconteciam bons festivais aqui na Paraíba. A Universidade também era um bom lugar pra tocar. Neste contexto favorável, era comum as próprias bandas organizarem seus shows.
O  grupo retornou no segundo semestre de 2015 com um show no Festival Móbile, em João Pessoa. A Pau de Dar em Doido está finalizando um EP com em 5 novas músicas e deve divulgá-las em breve. A identidade é a mesma que os fez conhecidos em 2000, mas conquistando novos públicos. “Muita gente que frequenta shows hoje tinha por volta de 10 anos na época que a PDD surgiu. Queremos chegar junto deles também”, comenta Laylson, guitarrista da banda.
Formação atual da Pau de Dar em Doido: Luciano – Alfaia, Zabumba, Caixa e Vocal, Badauê – Baixo, Pandeiro e Vocal, Ilsom  – Vocal, Laylson – Guitarra e Vocal, César – Caixa, percussão e Efeitos.
LBK_7227 (Copy)Augustine Azul
 
A Augustine Azul é uma banda paraibana que faz parte do cena de rock instrumental brasileira, fundamentada no rock progressivo com influências stoner, retrô, blues, jazz e outra infinidade de adendos que compõe a massa sonora. Com um EP lançado em Julho de 2015, a banda tem circulado pelo nordeste e, recentemente, sudeste propagando o material para diversos ouvintes, juntamente com músicas inéditas que estarão no álbum, em processo de composição, que será concebido no primeiro semestre do ano de 2016.
O EP, homônimo, atingiu não só o público nacional, mas também penetrou no cenário internacional, amplamente bem recebido e considerado, pelo blog especializado, More Fuzz (França), como melhor lançamento do ano de 2015. Além da França, o EP ecoou em Portugal, Alemanha, Polônia, México e continua sendo circulado pelo Brasil inteiro com os shows de divulgação.
Augustine Azul é: João Lima – Guitarra, Jonathan Tavares – Baixo, Edgard Moreira – Bateria.
SERVIÇO:
Dia da Música em João Pessoa
Local: Espacinho Parahybólica (Espaço Cultural, em frente ao Cine Banguê)
Hora: 20h30
Entrada Franca