Conde aposta em Inventário Cultural para identificação e valorização das referências culturais no município

0
50
Inventário Cultural vai registrar todas as expressões culturais do município de Conde - Foto: Secomd / Divulgação

A prefeitura Municipal de Conde, através da Coordenadoria de Cultura irá lançar no próximo dia 1º de março, o Inventário Cultural do município, com o intuito de identificar e categorizar os agentes e expressões culturais da cidade.

A proposta, que faz parte da meta 3 do Plano Nacional de Cultura irá registrar e reunir em um inventário os agentes e bens culturais existentes no território para que se possa formular políticas culturais e possibilitar a visibilidade da rica diversidade cultural local, além de dar início ao processo de institucionalização da cultura, com a mobilização do segmento para a formação de um Conselho Municipal de Cultura.

De acordo com Marcos Mituaçú, coordenador de Cultura na cidade, uma equipe da Pasta já deu início a alguns registros e a partir do lançamento do inventário haverá uma efetiva atuação na busca, identificação e valorização das referências culturais em Conde.

“A gente já andou registrando alguns artistas e expressões culturais, mas de toda forma iremos lançar oficialmente no dia (1º) de março o Inventário Cultural do município de Conde reunindo todas as lideranças e representações do setor cultural da cidade. Estamos dando início a uma mobilização para reunir todo esse pessoal junto com uma palestra com representantes do IPHAN-PB cuja metodologia de inventários participativos é aplicada em todo o território brasileiro, então a gente vai adotar essa metodologia aqui no município com parceria também de pesquisadores da UFPB e o objetivo é realmente mapear a diversidade cultural e territorial do Conde” destacou.

Já a assessora responsável pelo planejamento estratégico da cultura da cidade, Rejane Nóbrega, revelou que essa também é uma maneira de estimular que as próprias comunidades possam buscar, identificar e valorizar suas referências culturais, alinhada à preservação do patrimônio cultural, com valores de cidadania, participação social e qualidade de vida.

“Você identificar no território algum agente cultural, um artesão, um benzedor, um contador de história, uma dançarina de Coco e esse agente cultural por sua vez identificar outros agentes e expressões da sua localidade é muito enriquecedor e importante para a nossa cidade. Dessa forma estaremos também contribuindo para o Mapa da Cultura, não só no estado da Paraíba, como em nível nacional pois iremos cumprir a Meta 3 do Plano Nacional de Cultura, que estabelece a realização da Cartografia da Diversidade Cultural brasileira” ressaltou.

A solenidade de lançamento do Inventário Cultural de Conde acontecerá no dia (1º) de março a partir das 17h.

Secomd