Por Juneldo Moraes

João Pessoa se transforma, a partir deste domingo (26), na capital brasileira da música erudita. A 5ª edição do Festival Internacional de Música Clássica será aberta às 19h, com um concerto da Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa (OSMJP), no Adro da Igreja de São Francisco, no Centro Histórico. A OSMJP será regida pelo maestro Laércio Diniz, e vai contar com a participação especial de Wagner Tiso e Leo Gandelman, como solistas. Toda a programação é gratuita.

O Festival, que é realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio de sua Fundação Cultural (Funjope),com patrocínio do Banco Nacional Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), será encerrado dia 2 de dezembro, com concerto da OSMJP, no Parque da Lagoa. Nos sete dias de evento, a Capital terá 23 concertos nas igrejas do Centro (Igreja de São Francisco, do Carmo, da Misericórdia, no Mosteiro de São Bento e na Primeira Igreja Batista), e 14 masterclasses (flauta doce, violino, viola, violoncelo e piano), que serão realizadas no Hotel Globo, Igreja de São Francisco e no Centro Cultural Casa da Pólvora, sempre no período da manhã.

O concerto será aberto com o “Hino Nacional Brasileiro”, executado pela Orquestra Sinfônica Municipal, e na sequência terá a participação do primeiro solista da noite, Leo Gandelman. Depois será vez de Wagner Tiso. Fechando a apresentação, os dois solistas tocam juntos músicas conhecidas como “Wave” (Tom Jobim) e “Chega de Saudade” (Tom Jobim/Vinicius de Moraes), entre outras. A programação completa do Festival pode ser conferida no site www.musicaclassica.joaopessoa.pb.gov.br

De acordo com o diretor executivo da Funjope, Maurício Burity, o Festival Internacional de Música Clássica tem crescido a cada ano e se consolida no calendário cultural da cidade. “Este ano nós estamos trazendo Wagner Tiso, Leo Gandelman e Antônio Nóbrega, além de músicos do exterior e de outros Estados. Tenho certeza que esta edição do Festival, a exemplo das anteriores, será um sucesso”, disse. Ele destacou ainda que “o Festival é tão bem divulgado pelo mundo afora e isso faz com que João Pessoa passe a fazer parte de um grande circuito internacional de música clássica”.

Para o diretor artístico do Festival, Alberto Johnson, as pessoas reconhecem a importância do evento. “Esse Festival é muito importante para João Pessoa e é bom perceber o quanto as pessoas valorizam esse evento, que traz cultura e alegria para a população. E a prova de que a população gosta são as igrejas sempre cheias durante os concertos. Os músicos são excelentes e vêm trazer o que há de melhor na música erudita”, afirmou.

Horários – Além da participação de músicos da cidade e de outros estados do Brasil, João Pessoa vai receber nomes da Bulgária, Geórgia, Holanda, Islândia, Israel, Polônia, República Checa, Rússia e Ucrânia. A partir desta segunda-feira (27), concertos vão ser realizados sempre no período da tarde. Serão quatro apresentações por dia, a partir das 14h30 (Mosteiro de São Bento), seguida de outras às 16h (Primeira Igreja Batista), 18h (Igreja do Carmo) e 20h (Igreja de São Francisco). Os concertos do sábado (2) serão às 14h (Igreja da Misericórdia) e às 17h (Parque da Lagoa), no encerramento do Festival.

Escolas municipais – As escolas da Rede Municipal de Ensino estarão representadas no 5º Festival Internacional de Música Clássica. Foram selecionadas 41 unidades públicas do município, que levarão alunos para assistir aos concertos a partir da segunda-feira (27). Além disso, cinco escolas vão receber músicos para uma roda de diálogo e apresentação.

Serviço

Abertura do 5º Festival Internacional de Música Clássica
Atração: Orquestra Sinfônica Municipal de João Pessoa, com participação de Wagner Tiso e Leo Gandelman
Local: Igreja de São Francisco
Horário: 19h

Evento Gratuito

Secom JP