O projeto Circuito Cultural apresenta uma programação diversificada e espalhada por todo o Centro Histórico de João Pessoa, fomentando a vida cultural já existente através das realizações permanentes dos agentes independentes e grupos organizados que atuam no território. O objetivo é chamar atenção da população e dos turistas para a vida cultural efervescente que existe na área central da capital paraibana, desde seus casarões, igrejas, largos e ladeiras que contam sobre nossa história, passando por uma programação cultural diversificada e gratuita. São atividades que envolvem as áreas de teatro, circo, dança, música, cultura popular, literatura, artes visuais e audiovisual, além de um ciclo de debates sobre questões importantes das políticas públicas da cultura do estado e do centro histórico da capital.

Varadouro Cultural
Movimento social da cultura que se organiza através de uma rede de espaços, agentes culturais e iniciativas criativas com foco de atuação num mesmo recorte territorial: o Centro Histórico da capital paraibana. Para além da homenagem ao bairro mais antigo da cidade, o Varadouro, o movimento abrange também outros bairros e comunidades ao seu entorno, como Porto do Capim, Róger e Centro.

Compõem este cenário criativo produtoras, coletivos, pequenos empreendimentos, casas de shows, associações, estúdios de ensaio e produção, agentes e artistas independentes, entre outros grupos organizados em torno do setor cultural, e que interagem com vínculos de produção e cooperação na construção coletiva de um desenvolvimento sócio-econômico, humanizado e sustentável deste território, colocando a cultura como eixo central e tendo a criatividade como principal insumo. A rede ganha notoriedade no âmbito das políticas culturais da cidade, ao passo que se posiciona, formula e dialoga com o poder público, construindo uma cultura participativa e protagonista.

Entre os dias 24 de abril e 11 de maio de 2014, o projeto é realizado pelo movimento Varadouro Cultural e Governo do Estado da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Cultura. A Co-Realização é da Associação Cultural Balaio Nordeste, Coletivo Mundo, Trupe Arlequim, Moinho Produção, Ateliê Multicultural Elioenai Gomes, Pogo Pub, Fundação Casa de Cultura Cia da Terra, Vila do Porto, Cachaçaria Philipéia e Café São Jorge. O projeto conta ainda com o apoio cultural da Imaginária Criativa através da arte do designer João Faissal e cobertura fotográfica do projeto coletivo Captura.Me.

 

22042014225728