Celeiro Espaço Criativo é vitrine permanente da produção do artesanato de João Pessoa

0
43
Celeiro Espaço Criativo - Foto: Divulgação

por Hellen Nascimento

O artesanato de João Pessoa tem motivos de sobra para comemorar. Em uma noite muito prestigiada por artesãos, artistas, autoridades e público em geral, foi inaugurado o Celeiro Espaço Criativo, no bairro do Altiplano, nesta quarta-feira (10). Um local que, de forma pioneira, além de ser vitrine permanente da produção de artesanato, cultura popular, artes visuais e design na Capital, também irá comercializar as peças produzidas pelos artesãos, fomentando e estimulando o comércio local. A iniciativa é da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio do programa João Pessoa Artesã (JPA).

A primeira-dama e coordenadora do JPA, Maísa Cartaxo, destacou a importância de um espaço voltado para o artesanato não apenas em períodos sazonais, mas durante o ano todo. “Hoje é a realização de um sonho. Um sonho que foi muito trabalhado, planejado e que, agora, a partir desse espaço, os artesãos terão um lugar pensado e elaborado para que eles possam expor e comercializar seus trabalhos durante todo o ano. Essa era uma demanda antiga que, com muito esforço, conseguimos atender, não apenas aos artesãos, mas para João Pessoa. Isso só engradece e valoriza nossa cultura, nossa arte, além de também favorecer o turismo”, avaliou.

O prefeito Luciano Cartaxo também fez questão de prestigiar o evento e salientou a importância do artesanato e o reconhecimento da Unesco. “Estamos muito felizes porque terminamos o ano com o privilégio de receber o selo de Cidades Criativas da Unesco, onde apenas seis capitais do Brasil fazem parte dessa rede mundial. E 2018 começa com mais esse espaço valioso, que estará aberto de janeiro a janeiro para que os artesãos possam ter maior visibilidade e comercialização de sua arte”, destacou.

De acordo com o artesão Fábio Smith, o espaço é a realização de um sonho antigo. “Há muito tempo que nosso artesanato precisava de um local onde nós pudéssemos expor e vender nosso trabalho, não apenas durante alguns dias, como era, mas sim o ano todo. Graças a Deus e a gestão do prefeito Luciano Cartaxo, esse local deixou de ser sonho e se tornou esse espetáculo. Todos nós artistas estamos muito satisfeitos. Eu fiquei impressionado com a beleza do Celeiro Espaço Criativo. Quando disseram que a gente ia ter um espaço exclusivo, não imaginava que seria dessa magnitude. Ganham os artesãos, ganha o turismo, o cidadão, ganha toda João Pessoa”, comemorou.

O colunista social Gerardo Rabelo afirmou que “antes de tudo é uma vitória histórica para o segmento. Essa iniciativa de dar destaque e visibilidade ao artesanato chegou em boa hora através das mãos dessa mulher competente, digna e iluminada, que é Maísa Cartaxo. Os artesãos e as artes plásticas não só de João Pessoa, mas da Paraíba toda estão amparados e acolhidos e vivem um momento extraordinário porque encontram uma janela para a vida”, elogiou.

Cidade Criativa – Recentemente João Pessoa passou a integrar a Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco (UCCN), reconhecimento pela sua relevância como vitrine e como grande porta de saída da produção artesanal de todo o estado da Paraíba.

Secom JP