Casa de polpa de frutas é criada em plena floresta amazônica

0
309
Casa de polpa de frutas na comunidade Boa Esperança, localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, no Amazonas - Imagem: Divulgação

Bianca Paiva

Agricultores da comunidade Boa Esperança, localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, no Amazonas, estão em festa com a inauguração de uma Casa de Polpa de Frutas no meio da floresta.

O espaço começou a funcionar dia (27) de maio, resultado do esforço dos moradores com a parceria do Instituto Mamirauá.

De acordo com Fernanda Viana, coordenadora do Programa de Manejo de Agroecossistemas da entidade, os produtores tinham o desejo de promover melhor aproveitamento das frutas cultivadas na região, como o cupuaçu, açaí, araçá e abacaxi.

Para viabilizar o funcionamento da Casa de Polpas no meio da floresta foi necessária a instalação de sistemas de captação de energia e de água, todos sustentáveis.

O projeto ofereceu aos agricultores equipamentos e treinamentos para manutenção das máquinas e de boas práticas para o beneficiamento das polpas, que incluem cuidados com a seleção das frutas, com a higiene durante o processamento, embalagem e armazenamento.

Eles também participaram de uma oficina para a criação do regimento interno da casa, com orientações de como administrar o espaço, organizar o trabalho e dividir os recursos. Segundo Fernanda, a expectativa agora é ampliar o mercado consumidor.

O projeto é financiado pelo Fundo Amazônia, gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A Prefeitura de Maraã também contribuiu com R$ 30 mil para a reforma do espaço onde a Casa de Polpas foi instalada.

EBC