A campanha ‘Faça um Gol pelo Fim da Violência contra a Mulher’ fechou, ontem, mais um ciclo importante de divulgação   . Uma nova intervenção junto à torcida foi realizada pela Secretaria Extraordinária    de Políticas Públicas para as Mulheres    (SEPPM) com o apoio dos jogadores do Botafogo. A ação aconteceu no Estádio Almeidão, durante a vitória do Belo sobre o Campinense por 3 a 0, no Campeonato Paraibano.

Esta foi a quarta e última intervenção da campanha em jogos    do Campeonato Paraibano, que termina com o jogo de volta, neste domingo (29), em Campina Grande. A partir do segundo semestre, as ações de sensibilização da campanha ocorrerão durante os jogos do Botafogo pela Série C no Estádio Almeidão.

“A campanha teve início    com a Copa de Futebol de Seleções    de Bairros, que começou no mês de maio, e, no segundo momento, entramos no Campeonato Paraibano. Com o apoio dos clubes profissionais de João Pessoa – Botafogo, Auto Esporte e CSP – finalizamos mais uma etapa, sensibilizando torcedores e jogadores a enfrentar a violência contra a mulher”, destacou a titular da SEPPM, Socorro Borges.

seppm_panfletagem_jogo_foto_corneliofelipe_-6

Ontem, além da distribuição de material educativo, os jogadores do Botafogo entraram em campo com a camisa da campanha, segurando uma faixa com o slogan    ‘Faça um Gol pelo Fim da Violência contra a Mulher’. “A campanha está chegando às famílias e às novas gerações. Queremos que a população    possa se sensibilizar, enfrentar e denunciar a violência contra a mulher. O futebol é uma paixão nacional e podemos nos utilizar dele para semear uma cultura de paz”, ressaltou Socorro Borges.

Além do engajamento dos clubes de futebol profissional de João Pessoa, a campanha também conta com o apoio do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), o Ministério Público    Federal (MPF), através da Procuradoria da República na Paraíba, e o Ministério Público do Trabalho (MPT).

A SEPPM também aproveita a campanha para divulgar os serviços de enfrentamento à violência contra a mulher em João Pessoa, como o Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra (0800 283 3883) e a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180.

SHARE
Artigo anteriorSão João continua nos polos de bairros com apresentação de cultura popular
Próximo artigoEstacine tem modificações por causa dos jogos do Brasil na Copa do Mundo
Ana Célia Macedo
Ana Célia Macedo, jornalista desde 2010 é membro da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, seccional Paraíba (Abrajet PB). Iniciou suas atividades junto a comunicação escrevendo sobre turismo num blog em que narrava experiências vividas nas suas viagens pelo mundo e também divulgando os atrativos turísticos da sua cidade natal, João Pessoa. Morou por dois anos na Suíça, onde aperfeiçoou habilidades no jornalismo online, editorando o site “Brasileiros na Suissa”, que continha conteúdo exclusivo para a comunidade brasileira naquele país. É acadêmica em Comunicação Social, empresária e editora do site "O Concierge Online" que produz o melhor conteúdo em Turismo, Cultura e Gastronomia. Viajar, comer bem, conhecer novas culturas, fotografar e escrever são seus "hobbies". E-mail para contato: anaceliamacedo@oconciergeonline.com.br