De 11 a 17 de agosto a Rota Cultural Caminhos do Frio 2014, terá início na cidade Bananeiras, no Brejo paraibano. Shows, oficinas e festival gastronômico integram a programação. Em Bananeiras, quem vai esquentar os festejos é o cantor Nando Cordel.
No total, sete cidades integraram o roteiro, são elas: Areia, Pilões, Solânea, Serraria, Bananeiras, Alagoa Nova e Alagoa Grande. Este é o primeiro ano que a cidade de Solânea participa do Caminhos do Frio.
O prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, ressaltou o fortalecimento do Caminhos do Frio ao longo das edições. “Tenho observado que em alguns locais o Caminhos do Frio tem repercutido mais que o próprio São João da cidade. E isto é resultado da coletividade. A Rota Cultural Caminhos do Frio é resultado da união de sete municípios. É a força coletiva”, disse o prefeito.
A secretária Mirian Trindade explicou que a expectativa para este ano é um público de 30 mil pessoas durante o festival. “As apresentações acontecem na Praça Epitácio, no Centro da cidade. Além da atração nacional, a programação também conta com artistas locais, lançamentos de obras literárias de autores do Brejo e ainda do Festival Gastronômico”.
Os prefeitos das cidades que integram a Rota Cultural Caminhos do Frio 2014, também participaram da solenidade de lançamento.
A Rota Cultural Caminhos do Frio 2014 acontece de 14 de julho a 31 de agosto com diversas atrações artísticas em sete cidades do Brejo paraibano. Durante o período do roteiro, ápice do inverno na região, a temperatura chega a 12ºC. O festival é realizado pelo Fórum de Desenvolvimento Turístico Sustentável do Brejo Paraibano com apoio do Governo da Paraíba.
Com uma programação diversificada, que transita entre diversas linguagens artísticas, a Rota Cultural também envolve um circuito de engenhos produtivos de cachaça e rapadura, gastronomia regional, trilhas ecológicas, além de contemplar e conhecer a história do ciclo do açúcar presente nos museus e nos casarios históricos das cidades que estão inseridas no Roteiro Integrado Civilização do Açúcar (PB, PE e AL).

Fonte: Revista de Turismo