Primeira passo foi dado nesta quinta-feira (6) durante audiência entre a Mesa Diretora da CMJP e a reitora Margareth Diniz

André Cananéa

Dois dias após o Ministério das Comunicações liberar o sinal digital da TV Câmara de João Pessoa, a Mesa Diretora da Casa Napoleão Laureano foi até a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) com o objetivo de firmar um convênio para utilizar o aplicativo Vlibras, criado pela equipe do Núcleo Lavid do Centro de Informática (CI) daquela instituição.

Através do app, o conteúdo transmitido pela TV Câmara JP digital será traduzido simultaneamente em libras para deficientes auditivos.

Em audiência com a reitora Margareth Diniz, os vereadores Marcos Vinícius (PSDB), presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), e Eduardo Carneiro (PRTB), 3º secretário da Mesa Diretora estabeleceram uma agenda de cooperação técnica que, além do uso do app, prevê a troca de conteúdo produzido pelas TVs Câmara JP e UFPB.

De acordo com o professor Tiago Maritan, coordenador do Lavid, o aplicativo, vencedor do Todos@web, premiação nacional, converte o audio transmitido pela TV digital automaticamente para libras, atendendo às pessoas surdas. “O aplicativo aumenta o número de oferta de libras na televisão, o que ainda é raro hoje em dia, a um custo bastante reduzido”, comentou.

Para Marcos Vinícius, o aplicativo é uma “extraordinária ferramente democrática, que levará a mensagem do Legislativo municipal a muito mais cidadãos pessoenses”. “Promover a inclusão é um dos papeis da Câmara, e estamos conseguindo isso em um ótimo momento, em que migramos do sinal analógico para o digital, aproveitando os recursos que a nova tecnologia oferece”.

Para Eduardo Carneiro, o aplicativo vai aproximar ainda mais a população da Câmara. “Iniciativas como essa é o anseio da população em geral e a TV Câmara não pode contemplar de maneira completa os nossos debates, o nosso jornalismo, sem esse aplicativo. Portanto, acredito que a partir de agora, nós vamos prestar um conteúdo ainda melhor”.

Margareth Diniz colocou os mais de 700 projetos de extensão da UFPB à disposição da Câmara, e elogio a iniciativa dos vereadores em firmar uma parceria com a instituição. “Tenho certeza que a adoção do nosso software de libras por parte da TV Câmara JP digital será um projeto muito exitoso”, avaliou a reitora.

Na próxima segunda-feira (10), um grupo de professores do Lavid vai ao Legislativo municipal conhecer a estrutura da TV Câmara JP e, a partir daí, afinar a parceria.

Assessoria