Calendário das principais Feiras de Negócios do Brasil 2018 já está disponível

0
195
Calendário das Principais Feiras de Negócios do Brasil 2018 disponível! - Imagem: Divulgação

Entre tantas entidades que quase nada fazem pelo segmento que representam, há inúmeros bons exemplos que merecem ser conhecidos e divulgados

Por Andre Nakane* –

A União Brasileira dos Promotores de Feiras (UBRAFE) promoveu nessa última semana, no WTC Events Center,  o lançamento do Calendário das Principais Feiras de Negócios do Brasil 2018.

Esse primoroso trabalho, permite que todos os elos dessa importante cadeia produtiva da economia, tenham com antecedência informações das 183 principais feiras que acontecerão no país no ano que vem.

São dados preciosos para formatar concretos planejamentos de prospecção e atuação e além da versão impressa, o calendário foi lançado novamente em uma versão “pocket” e também está disponível por meio de um aplicativo para celular, convergindo em diversas mídias para facilitar seu acesso.

Ao chegar a sua 29ª edição, o calendário demonstra todo o seu vigor ao expor com precisão e veracidade os números do setor com 32 mil empresas expositoras, 3,5 milhões de visitantes e que serão responsáveis por ocupar cerca de 2 milhões de m² de área nos centros de exposições.

O presidente executivo da UBRAFE, o incansável, Armando Arruda Pereira de Campos Mello,  declarou que  “O calendário é um referencial importante não somente para que recebamos visitantes e expositores, mas para estimularmos este nosso setor continuamente.”

Na tarde-noite do lançamento do calendário, a UBRAFE promoveu o painel “Perspectivas do Setor de Feiras: Visão Brasil e Mundo” que contou com apresentações de David Dubois, CEO e Presidente do IAEE e Nick Dugdale-Moore, Gerente de Desenvolvimento de Negócios da UFI.  Ambos reforçaram a grandeza do setor globalmente, afirmando que o mesmo chega a ter crescimento superior a própria economia mundial, que deve crescer cerca de 3 a 3,5 por cento, sendo que o setor de feiras tem previsão de números no patamar dos 4 por cento.

A relevância do evento ainda chegou a ser demonstrada pela participação do próprio  Presidente da EMBRATUR, Vinícius Lummertz, que explanou sobre os desafios do novo modelo de gestão da instituição e o ganho para o trade turístico.

2018 já começou!

images-1

Andrea Nakane – Bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Relações Públicas, possui especialização em Marketing (RJ), em Administração e Organização de Eventos pelo Senac (SP), em Educação do Ensino Superior e mestrado strictu sensu em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi.

 

 

 

*O conteúdo desta matéria é de propriedade intelectual do (a) autor (a), e não reflete, necessariamente, a opinião do O Concierge.
*Esta plataforma destina-se ao debate sobre o conteúdo publicado apenas para fins informativos e de entretenimento.
*O usuário é o único responsável pelo que escreve em seu comentário, de modo que responderá integralmente por qualquer ofensa a direitos de terceiros que seu comentário possa causar.