Brasil inaugura primeira montanha-russa aquática

0
79
Montanha-russa aquática. Crédito: Divulgação Thermas dos Laranjais / Divulgação

Atração, localizada em parque aquático no interior de São Paulo, atinge altura de 20 metros e custou três milhões de dólares

Por Lívia Nascimento

O Brasil acaba de ganhar sua primeira montanha-russa aquática. Localizada no parque aquático Thermas dos Laranjais – em Olímpia -, interior de São Paulo, a nova atração foi inaugurada nesta quinta-feira (12), Dia das Crianças. Com 370 metros de extensão, o brinquedo chega a 20 metros de altura, o equivalente a um prédio de 10 andares, e recebeu um investimento de US$ 3 milhões.

A atração, importada do México, é composta por duas boias impulsionadas pela água que percorrem o caminho de subidas, quedas e curvas. Este ano, o Thermas dos Laranjais foi eleito o quinto melhor parque aquático do mundo segundo os usuários do site TripAdvisor.

Para os empresários do segmento de parques temáticos, a apresentação de novidades para o público é vital para a sobrevivência dos empreendimentos. No entanto, é preciso discutir a redução de impostos, uma vez que a carga tributária pode elevar em até duas vezes o valor dos equipamentos importados.

“Promovemos uma ampla discussão com todo o trade em agosto para discutir o crescimento do setor no mundo e os gargalos encontrados no país. O Brasil tem o enorme potencial e o Ministério do Turismo está trabalhando junto a outros órgãos do governo para atender a principal demanda do setor que é a redução da carga tributária”, explicou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

De acordo com estudo realizado pelo Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), se o governo atender às demandas do setor, o segmento poderá investir R$ 1,9 bilhão e gerar de 56 mil empregos nos próximos cinco anos. Atualmente, os 18 estabelecimentos associados ao Sindepat geram 11 mil empregos diretos e movimentam cerca de R$1 bilhão na economia por ano.

APOIO DA POPULAÇÃO – Segundo uma pesquisa encomendada pelo Ministério do Turismo, 84,2% da população brasileira são a favor de o governo conceder estímulos para a construção de novos parques de diversões. A região com o maior índice de apoio foi o Nordeste (81,1%), seguido do Sul (78,9%), Sudeste (76,7%) e Norte (67,3%).

A pesquisa foi realizada de (17) a (23) de março de 2017 pelo Instituto FSB Pesquisa. Foram ouvidas 2002 pessoas com mais de 16 anos em todas as regiões do país para avaliar a opinião da população brasileira acerca do turismo no Brasil, assim como observar quais são as vantagens e prejuízos, além de identificar oportunidades de promoção do turismo no país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%.

Ascom MTur