Com um charme todo especial e arquitetura própria dos anos 70 e 80 o bairro do Cabo Branco abriga hoje um roll de moradores que fazem questão de ter a tranquilidade do interior e a qualidade da capital como opção de vida saudável.

Localizado entre a praia e as falésias vivas e verdes da Mata Atlântica, sem dúvidas o bairro do Cabo Branco é o melhor da cidade para se respirar e  morar bem. Fato! Inclusive atestado por profissionais da área imobiliária. Rosemary Crawford da Crawford Imobiliária, afirma: “O cabo branco hoje é considerado o quadrado dourado da capital, aonde o metro quadrado chega a 14 mil reais em algumas áreas. Diferente do que se pensa a procura é enorme tanto pra locação como para compra. É onde todos querem morar.”

No momento existem muitos empreendimentos em construção e nos próximos quatro anos um número expressivo de unidades habitacionais serão entregues ali. Construção cada vez mais compacta para acomodar as famílias que sonham em desfrutar do belo, desejado e supervalorizado Cabo Branco. Esses dados funcionam como termômetro  tanto para quem visita a capital paraibana, com pretensões de moradia, quanto para os moradores exigentes e tradicionais do bairro que estão sempre a postos para preservar a tranquilidade do bairro.

Grandes personalidades da sociedade da Capital moram ou já moraram no Cabo Branco, que  dispõe de uma praia que é referência e ponto turístico importante,  pois é a primeira praia visitada no passeio ao Litoral Sul.  A praia tem ondas baixas e uma larga faixa de areia branca, onde eventos, esportes e todos os tipos de entretenimento podem ser praticados, confirmando o fato de que a praia do cabo branco é um exemplo de lugar saudável e limpo, isso se deve a grande preocupação das autoridades em manter as praias da cidade limpas.

Na calçadinha o fluxo de pessoas é intenso o dia inteiro todos os dias, caminhando, patinando, conversando, e pedalando, na ciclovia, claro. Que é comum a toda orla.

Vários restaurantes e bares, estão fixados em quiosques a beira da calçada oferecendo ao turista  uma variedade gastronômica, que se estende da culinária regional a internacional. Além da grande quantidade de hotéis que estão bem localizados a beira mar.

No Cabo Branco é assim: Quem tá dentro não quer sair, quem tá fora quer entrar!

*Este texto foi relocado para esta coluna e faz parte do acervo da colunista.
Escrito em 02/10/2013

SHARE
Artigo anteriorPôr do Sol no Jacaré
Próximo artigoO Nosso Xaxado
Ana Célia Macedo
Ana Célia Macedo, jornalista desde 2010 é membro da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, seccional Paraíba (Abrajet PB). Iniciou suas atividades junto a comunicação escrevendo sobre turismo num blog em que narrava experiências vividas nas suas viagens pelo mundo e também divulgando os atrativos turísticos da sua cidade natal, João Pessoa. Morou por dois anos na Suíça, onde aperfeiçoou habilidades no jornalismo online, editorando o site “Brasileiros na Suissa”, que continha conteúdo exclusivo para a comunidade brasileira naquele país. É acadêmica em Comunicação Social, empresária e editora do site "O Concierge Online" que produz o melhor conteúdo em Turismo, Cultura e Gastronomia. Viajar, comer bem, conhecer novas culturas, fotografar e escrever são seus "hobbies". E-mail para contato: anaceliamacedo@oconciergeonline.com.br