Artista plástico Célio Furtado recebe Comenda Cultural Ariano Suassuna

0
47
Célio Furtado / divulgação

O artista plástico e escritor Célio Furtado foi homenageado pela Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) com a Comenda Cultural Ariano Suassuna, na tarde desta quinta-feira (17), no plenário Fernando Paulo Carrilho Milanez, no anexo da Casa. A sessão solene e a homenagem foram propostas pelo vereador Damásio Franca (PP)

A solenidade foi prestigiada por personalidades como o ex-prefeito de capital paraibana, Chico Franca, pai do propositor da solenidade; a vereadora de Cuité, cidade natal do artista, Isis Rafaela; a diretora de Artes Plásticas da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Michele Almeida; além de familiares, amigos e colaboradores do homenageado.

Em seu discurso de justificativa, o vereador Damásio Franca fez uma breve explanação sobre a trajetória de vida do homenageado. Desde seus problemas de saúde, que deixaram-no tetraplégico, e que o levaram a viver com seu tio, figura que o inspirou nas artes plásticas, até suas realizações profissionais, tais como a produção de suas telas e a publicação do livro ‘A Outra Margem do Rio’. “Célio Furtado é um exemplo de superação e perseverança que merece todas as homenagens. Parabéns Célio Furtado”.

Célio Furtado contou causos peculiares de sua vida familiar e profissional, destacando o bom humor ao enfrentar as circunstâncias vividas em sua trajetória. “É uma alegria muito grande para mim estar recebendo esta homenagem. Mais uma etapa que vamos construindo. Obrigado a todos pela presença. Estou muito feliz”, discursou.

Sobre Célio Furtado

Natural do Município de Cuité, Célio Furtado é formado em Comunicação Social pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), com habilitação em jornalismo. É artista plástico desde os anos 1980, tendo estudado na Escola de Belas Artes do Rio de Janeiro e Arte Contemporânea em Curitiba, no Paraná.

Ele participou do Projeto “Pintando a Cidade”, realizado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), onde pintou os casarios do Centro Histórico da Capital.

Como escritor, foi colunista do jornal A União. No ano de 2013, escreveu o romance ‘A Outra Margem do Rio’, livro baseado em histórias reais de sua biografia e que destaca temas relevante

Assista a solenidade na íntegra aqui

CMJP