Marta Rossi, Rossi & Zorzanello e FESTURIS

Por Marta Rossi

 

Na semana passada estive em São Paulo em viagem de negócios e recebi o convite especial de Joyce Pascowitch para participar de um evento na Casa Glamurama, na noite de terça-feira, dia 24 de maio. O tema do bate-papo, muito oportuno, foi a Alemanha enquanto destino turístico.

Joyce Pascowitch, Renata Araújo, do blog You Must Go, Margareth Grantham, do Turismo da Alemanha, e Mônica Nardo, da Lufthansa destacaram características interessantes do país abordando as cidades mágicas, as rotas românticas, as cervejas, a gastronomia e o  luxo.

Margareth Grantham e Mônica Nardo falaram de sua expertise sobre o tema Alemanha e as novidades mais recentes do país e da conceituada companhia aérea que é referência em experiências exclusivas para seus clientes. A Lufthansa possui voos que partem de São Paulo e Rio e tem o 747-8 que é um avião muito moderno com quatro classes.

A Alemanha é realmente uma experiência fascinante e posso atestar isso. O número de turistas brasileiros na Alemanha só cresce. As 10 cidades que concentram cerca de 70% dos turistas brasileiros que vão para lá são chamadas de Magic Cities. Frankfurt, por exemplo, é a Cidade das Artes, sendo a cidade mais rica em artes e espetáculos.

Hamburgo banhada pelos inúmeros canais que atravessam a cidade em toda a extensão. O porto, o maior da Alemanha, fundado em 1189, é uma atração imperdível. Hannover é a Cidade da Inovação, Leipzig é a Cidade da Música, Stuttgart é a Cidade dos Carros, Nuremberg a Cidade da História entre outros destaques.

Munique, que sedia o maior festival de cerveja do mundo, figura entre as melhores cidades para viver no mundo. Além dela, estão na lista das “15 mais”, Düsseldorf, segundo maior centro financeiro da Alemanha e a capital alemã Berlim que é a é a cidade das artes e dos museus são pelo menos 170 museus. A Ilha dos Museus, por exemplo, é considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

A gastronomia na Alemanha é bastante singular e cada região tem sua especialidade. O molho verde de Frankfurt, por exemplo, é um molho de ervas muito tradicional. Existem restaurantes para todos os gostos e normalmente os pratos não são caros.

Uma visita à Alemanha pode se mostrar uma experiência moderna, única, de bom gosto e com uma carga importante de valor histórico e cultural.

Créditos Divulgação e Casa Glamurama/Divulgação