Foto: O Boeing 747-8 é a segunda maior aeronave comercial do mundo, perdendo apenas para o Airbus A380 

Aeroporto de Manaus é autorizado a receber segundo maior avião cargueiro do mundo.

O Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus (AM), acaba de receber da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorização – o chamado Atestado de Capacitação Operacional (Acop) – para receber aviões 4E (de grande porte como o Boeing 747-8, segunda maior aeronave do mundo). Esses aviões são capazes de transportar maior quantidade de cargas e passageiros, com mais economia.

O terminal manauara é o primeiro operado pela Infraero a receber o certificado. Guarulhos, Galeão e Viracopos, aeroportos concedidos à iniciativa privada, já possuem o título. As concessões de grandes aeroportos brasileiros à iniciativa privada têm trazido mudanças no mercado de exportação e importação, além de proporcionar a melhoria dos serviços prestados aos passageiros e incentivar a competitividade.

Para o ministro da Aviação, Eliseu Padilha, a certificação ao aeroporto de Manaus ampliará a participação do Brasil no mercado. “Com essas autorizações, o Brasil pode se posicionar ainda melhor na exportação e importação, principalmente de perecíveis. É uma abertura de mercado importante para a nossa economia e para o nosso desenvolvimento”, comenta o ministro.

O Acop é concedido pela Anac a aeroportos que movimentam mais de um milhão de passageiros. São verificados equipamentos, instalações, procedimentos, pessoal e atendimento médico da seção contra incêndio. Tudo deve estar em conformidade com os padrões de segurança exigidos pela Organização de Aviação Civil Internacional (Oaci). Para receber o Acop, é necessário que o operador do aeródromo manifeste interesse junto à Anac.

Galeão e Guarulhos podem receber tanto as versões cargueiras, quanto de passageiros. Já os aeroportos de Manaus e Viracopos têm autorização apenas para operação com aeronaves de carga.

UOL
Foto: divulgação