Abertura da Abav Expo 2017 marca novo momento do turismo

0
61
Vinicius Lumertz, presidente da Embratur, durante a abertura da 45ª ABAV Expo, em SP - Imagem: Divulgação

Cercada de grande expectativa em relação ao momento político e econômico, que deverá ser o marco da inclusão definitiva do turismo como segmento de ponta na geração de empregos e renda para o País, a ABAV (Associação Brasileira de Agentes de Viagens) abriu, nesta quarta-feira (27), em São Paulo, a 45ª edição da feira. Destacando a importância do evento e da data significativa – hoje é o Dia Internacional do Turismo – o presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, junto ao diretor de Gestão Interna do Instituto, Tufi Michreff, participou da abertura, e resumiu o sentimento predominante entre os profissionais do setor.

“Pela primeira vez, o turismo aparece como protagonista da solução econômica para os graves problemas do Brasil. A saída da crise é pelo turismo. E essa afirmação também passa a ser política, e por isso ganhará novos patamares de consciência na sociedade”, afirmou o presidente, durante seu discurso na feira.

Para ele, o Brasil tem grandes atrativos turísticos e culturais, o que contribui para transformar-se em potência mundial do setor. “Somos um País conservador, mas precisamos romper com isso e mudar, aceitar que entre as reformas da economia, propostas pelo governo, são relevantes para o Brasil avançar econômica e socialmente e, principalmente, colocar o turismo em destaque. Somente com instituições mais ágeis teremos condições de enfrentar a concorrência internacional para atrair mais turistas. Até países com economia forte e que, tradicionalmente, eram extremamente industrializados, como o Japão, por exemplo, estão traçando metas para desenvolver o turismo”, destacou.

O presidente da Embratur afirmou que, enquanto países vizinhos gastam cada vez mais em promoção internacional e modernizam as estruturas de seus organismos, “atuamos na contramão dessa história”. Lummertz disse, ainda, que é preciso convencimento de todos os setores (públicos e privados) para que haja o desenvolvimento do setor.

“A Argentina investiu no ano passado US$ 36 milhões, a Colômbia, cerca de US$ 48 milhões, e o México, mais de US$ 400 milhões. Todos eles apresentam fluxos turísticos internacionais sólidos e crescentes. É preciso união entre as lideranças do setor, para que haja uma maior motivação política em torno das questões do turismo. Atualmente, o turismo brasileiro representa 3,7% do PIB, mas este número chega a 10% quando outros serviços ligados ao setor estão incluídos. Somos uma economia forte internamente, mas não tão forte externamente. O turismo, por exemplo, é o quinto item da balança exportadora do Brasil e podemos ajudar cada vez mais a economia do País”, disse Lummertz.

Em complementação à fala do presidente da Embratur, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, destacou a importância da aprovação do projeto de lei que prevê a transformação do Instituto em agência, para alavancar a vinda de turistas estrangeiros e, consequentemente, ajudar na economia do País.

“Destaco, também, a nova Lei Geral do Turismo, que está em tramitação no Congresso Nacional. A proposta faz um ajuste na Política Nacional do Turismo e destaca a importância do envolvimento da população local no turismo. Além disso, a ideia da modernização é acompanhar as novas demandas do setor, desburocratizar procedimentos, integrar mais a iniciativa privada e ampliar o ambiente de negócios”, disse o ministro.

Marx Beltrão ressaltou, ainda, a conquista da facilitação dos vistos que entram em vigor em novembro e disse que além da Austrália, Estados Unidos, Canada e Japão o próximo país a ser incluído entre os beneficiados deve ser a China.

Mais promoção

Presente no evento de abertura da ABAV EXPO, o prefeito de São Paulo, João Doria, destacou a importância do setor para a economia dos estados e municípios brasileiros e falou do lançamento de uma campanha, aos moldes do plano “Rio de Janeiro a Janeiro”, para a promoção da capital paulistana.

“Nos próximos dias, iremos lançar um programa conjunto promocional entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, dois grandes destinos emissores e receptores de turistas. Chegou a hora do turismo no Brasil”, destacou ele.

Dados do evento

A 45ª edição da ABAV EXPO conta, este ano, com 25 mil metros quadrados de espaço e cerca de 1 mil marcas expositoras, entre nacionais e internacionais. Segundo o presidente da ABAV Nacional, Edmar Bull, na solenidade de abertura oficial, a organização do evento contabilizou 23 mil inscrições de profissionais do Turismo e 1,2 mil pessoas trabalhando na feira.

O evento contará, também, com mais de 5 mil rodadas de negócios; 200 buyers (compradores) convidados; 800 agentes de viagens em caravanas e 80 ações na Vila do Saber.